13 de julho de 2010

As 38 melhores imagens da Copa

 

Luis Fabiano fez um golaço contra a Costa do Marfim. Mas ajeitou a bola com o braço em dois lances, até mandar para a rede


O volante Felipe Melo pisou no holandês Arjen Robben e foi expulso, complicando a situação do Brasil nas quartas de final



O marfinense Tioté entra de sola na canela de Elano e tira o brasileiro da Copa logo na segunda partida


Taí algo que nem o polvo previu: Kaká sendo expulso, por se desentender com um marfinense


Lindas torcedoras holandesas levaram um colorido especial aos estádios; Mas elas acabaram banidas, pois faziam parte de uma ação publicitária


Dunga não levou os Meninos da Vila, então os sul-africanos trataram de fazer dancinhas na comemoração do gol de Tshabalala contra o México
As vuvuzelas foram a trilha sonora da Copa - diversão para uns, tormento para muitos


    O italiano Fabio Cannavaro, chorando, se arrasta rumo ao vestiário após o vexame de deixar a Copa após uma derrota para a Eslováquia e empates com Nova Zelândia e Paraguai


O inglês Robert Green entrou para a história das Copas pelo "frangão" no empate em 1 a 1 com os Estados Unidos
 
O inglês Wayne Rooney chegou com fama de goleador, mas não fez nada

    Só o juiz uruguaio Jorge Larrionda não viu que a bola do inglês Frank Lampard entrou quase meio metro no gol do alemão Neuer. Seria o empate da Inglaterra...


O técnico francês Raymond Domenech bate boca com o capitão Patrice Evra; A lavagem de roupa suja era feita no gramado, na frente de todo mundo
O jornal L'Equipe publicou como manchete de capa todos os palavrões que Anelka teria falado a Raymond Domenech no intervalo do jogo contra o Uruguai


    O esquisitão Raymond Domenech se recusou a cumprimentar Carlos Alberto Parreira após a derrota da França para a África do Sul

Diego Maradona partiu pra cima de torcedores alemães que o insultaram após a eliminação nas quartas de final




Diego Maradona deu um abraço de pai em Lionel Messi após a derrota para a Alemanha - o melhor do mundo bem que tentou, mas não conseguiu repetir os passos de Dom Diego e dar um título mundial para a Argentina


O atacante uruguaio Luis Suarez entra para a história das Copas ao evitar com as mãos o gol certo de Gana, no último minuto na prorrogação das quartas de final


 
O desespero do ganês Gyan, por ter perdido o pênalti contra o Uruguai, foi de partir o coração



 El Loco Abreu justifica o apelido e bate o pênalti decisivo nas quartas de final contra Gana com a sua famosa cavadinha


No último minuto da decisão do terceiro lugar, Forlán acerta o travessão em cobrança de falta. Se entrasse, seria o artilheiro isolado. Mas a Fifa reconheceu o mérito do uruguaio e o apontou como o melhor da Copa


A Alemanha apresentou um belo futebol com um time renovado, formado por jovens como Muller, Khedira, Ozil e Schweinsteiger (este último, é verdade, um pouco mais experiente que os outros três, com 26 anos)


O polvo Paul roubou a cena, "prevendo" o resultado de oito jogos, inclusive o da decisão entre Espanha e Holanda
  Os irmãos Boateng se enfrentaram em campo - Jerome pela Alemanha e Kevin-Prince por Gana; Ambos nasceram no país europeu, mas o segundo preferiu defender a terra de seus pais

O gol de Landon Donovan nos acréscimos contra a Argélia classificou os Estados Unidos para as oitavas de final


A paraguaia Larissa Riquelme, com seu decote e simpatia, foi a namoradinha da Copa.


 O paraguaio Cardozo chorou como criança pelo pênalti perdido contra a Espanha, nas quartas de final


O japonês Yuichi Komano se desespera com o pênalti perdido nas oitavas de final contra o Paraguai


Cristiano Ronaldo olhando pra câmera? Ah, vá! Bom, mas aqui, na verdade, o português estava era xingando o cameraman, por ficar de "marcação" com ele, logo após a derrota para a Espanha
A Jabulani foi a bola mais comentada (e contestada) da história das Copas


O volante Felipe Melo pisou no holandês Arjen Robben e foi expulso, complicando a situação do Brasil nas quartas de final




A Colômbia não foi pra Copa, mas, felizmente, liberou Shakira para abrilhantar o evento



O norte-coreano Jong Tae-Se caiu no choro ao ouvir o hino de seu país antes do jogo contra o Brasil


Um torcedor espanhol, que se apresenta como "invasor profissional", chegou a milímetros da taça Fifa
O grande Nelson Mandela prestigiou a decisão da Copa no Soccer City

O holandês De Jong aplica um golpe de karatê no espanhol Xabi Alonso; Ele recebeu só um cartãozinho amarelo
     
    Casillas evita, com o pé direito, o gol do holandês Robben na final da Copa
     Iker Casillas beija a repórter (e namorada) Sara Carbonero ao vivo, na sala de imprensa, logo após a conquista do título




Comente com o Facebook:

Write comentários