2 de julho de 2010

Dunga não é mais técnico da Seleção Brasileira

 


Dunga 
se despediu da Seleção nesta sextaTreinador assumiu o cargo após a Copa do Mundo de 2006
Com a eliminação do Brasil da Copa do Mundo, se encerra também o ciclo de Dunga no comando da Seleção. Em entrevista coletiva após a derrota para a Holanda, o treinador afirmou que está deixando o cargo:

- Já se sabia bem que eu ia ficar quatro anos desde que cheguei à Seleção.

E mais:

Dunga explica nervosismo de jogadores no final do jogo






- Ninguém prepara um time para perder. O nervosismo foi pelo fato de o adversário virar. Aí você começa a querer acelerar o jogo. Teve muita falta, o jogo não andava, o juiz explicava, a cada falta demorava muito, isso faz com que os jogadores fiquem nervosos - explicou o treinador.

O comandante aproveitou também para ressaltar a preparação dos jogadores antes e durante o Mundial, e que a oportunidade de fazer história pela Seleção também pesou nos minutos finais da partida.

- Vi o comprometimento dos jogadores na Seleção Brasileira. Se você pegar a história da Seleção, poucas vezes o time ficou 52 dias sem folga, sem nada, e ninguém reclamar. Não houve nenhuma polêmica, tudo transcorreu normalmente, com muita transparência, é óbvio que muitos jogadores viam essa Copa do Mundo como a grande oportunidade de fazer história na Seleção - finalizou.
.
Dunga defende Felipe Melo, mas lamenta expulsão

Felipe Melo marcou um gol contra e foi expulso na partida desta sexta
- Acho que a culpa é de todos nós, eu levo a maior parte, mas seria injusto falar do Felipe (Melo), não foi a primeira vez que um jogador é expulso numa Copa do Mundo, a responsabilidade é de todos - disse Dunga.

- Tentei colocar um jogador de mais velocidade para se juntar ao Kaká e ao Robinho, já que o Daniel teve de fechar mais pelo meio. Às vezes trocar faltando cinco ou dez minutos não resolve muita coisa - explicou o treinador.

Apesar de defender Felipe Melo, o técnico afirmou que a expulsão do volante, que deixou o Brasil com um jogador a menos, complicou a situação brasileira na partida. Entretanto, ele encontrou mais um culpado pela eliminação: o árbitro.

- Jogar com um a menos na Copa do Mundo contra jogadores de qualidade sempre dificulta, mas desde o início a gente comentou que o juiz estava bastante pressionado, deu faltas que não aconteciam, tive de trocar o Michel que levou cartão num lance que nem foi falta. Não é desculpa, mas acontece, gostaria que fosse diferente, mas só quem estava em campo poderia ter uma noção melhor - lamentou o treinador.

Dunga assumiu a Seleção logo após o mundial de 2006, em um empate com a Noruega por 1 a 1. Ele conquistou a Copa América, Copa das Confederações e terminou as Eliminatórias na primeira colocação. Dunga também treinou o Brasil nas Olímpiadas de 2008.

E agora quem será o novo técnico? Comentem aí.

Fonte:MSN Esportes

Comente com o Facebook:

Write comentários