9 de julho de 2011

Piada sobre estupro pode levar Rafinha Bastos para a cadeia

 

O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) pediu abertura de inquérito policial contra o humorista Rafinha Bastos, do CQC (Band), para apurar uma suposta prática de incitação ao crime e de apologia ao estupro após as polêmicas declarações dele num show de stand-up comedy e reproduzidas na edição de maio da revista Rolling Stone brasileira.
Na ocasião, Bastos disse que "toda mulher que eu vejo na rua reclamando que foi estuprada é feia pra c... Tá reclamando do quê? Deveria dar graças a Deus". E foi além, dizendo que o homem "que cometeu o ato merecia um abraço, e não cadeia".
O pedido de inquérito foi feito pela promotora de Justiça Valéria Diez Scarance Fernandes, coordenadora do Núcleo de Combate à Violência Doméstica e Familiar de São Paulo. Ela encaminhou nesta quinta-feira (7) um ofício ao delegado-diretor do Departamento de Polícia Judiciária (DECAP), Carlos José Paschoal de Toledo, pedindo a abertura do inquérito contra o humorista.

No documento, Valéria diz que Rafinha compara publicamente o estupro a "uma oportunidade" para determinadas mulheres e o estuprador a um benfeitor, digno de “um abraço”. Em nota, a promotora se justificou:
- O estupro é um crime. O estuprador é um criminoso que deve ser punido e não publicamente incentivado.

A requisição de instauração de inquérito é resultado de representação feita à Promotoria de Justiça pela coordenadora do Núcleo Especializado de Promoção e Defesa dos Direitos da Mulher, da Defensoria Pública do Estado de São Paulo, Thais Helena Costa Nader.

Comente com o Facebook:

Write comentários
  1. Anônimo9/7/11

    enquanto flanelinhas roubam de forma disfarçada e rodinhos limpam vidro sem o motorista querer ,além de trocar seu limpador de pára brisa e te forçar a pagar por uma coisa que você não pediu, mesmo desempregado você é obrigado a ver um vagabundo vendendo lugar na fila para um cara ficar na sua frente, e tudo isso sem ter lei nenhuma para enquadrar esses ladrões, vem uma promotora caçar picuinha por causa da opinião de um cara, é brincadeira viu, se ele estuprasse é diferente agora falar até papagaio fala, é uma imbecil mesmo.

    ResponderExcluir
  2. Anônimo10/7/11

    Em um país que anda na contramão de tudo que é ético, a começar pelos nossos parlamentares, com mudanças de leis onde não mais se pune crimes considerados de menor potêncial ofensivo, ex: o cara pego com um veículo roubado não vai mais pra cadeia se este ainda não estiver adulterado; me aparece uma figura do judiciário encrencando com um Humorista em seu trabalho, sem saber separar o ator do personagem, e encontra respaldo nesta mídia sensacionalista e vexante. Quem nunca fez uma piada sem graça ou de mau gosto? Só por ser um personagem influente vai para cadeia? Não aguento mais esses discursos de sermos politicamente correto... Não posso mais chamar o meu amigo afrodescendente de "negão" porque serei taxado como racista, se me chamarem de gordo posso processa-lo por bullying e ainda tenho que aguentar ligar a televisão e ver pessoas do mesmo sexo se pegando o tempo todo com a desculpa de por fim a homofobia. A para né?

    ResponderExcluir
  3. Anônimo10/7/11

    Será que essa besta não tem dicernimento pra diferenciar uma piada de standup de uma afirmação séria ou ideologica???
    Correr atrás de bandido (principalmente os do governo) ninguém quer né!??!!?!?

    ResponderExcluir
  4. Anônimo10/7/11

    Esse casao não vai dar em nada sem duvida a piada do Rafinha foi sem graça mas de forma alguma faz apologia ao crime de estupro esta promotora que sem duvida deve ser mais uma feminista querendo aparecer ,com certeza há vários inquéritos importantes na mesa dela e está promotora vai se preocupar com piadas de mau gosto feita por um comediante sem graça , este é o país que vivemos está promotora deveria saber o que é importante e o que não é pois o salário dela é pago com nosso dinheiro e o custo de cada processo custa cerca de R$4300 reais aos cofres públicos , sem duvida o juiz não aceitara a instauração de inquérito pois a acusação é infundada e sem conteúdo o delegado pode até aceitar mais o juiz não .

    ResponderExcluir
  5. Anônimo10/7/11

    Brincadeira é a ignorância de alguns... Piada estúpida de péssimo gosto.Merece punição p da próxima vez pensar antes de falar.
    O pior tipo de violência que uma mulher pode sofrer é o estupro.
    Conheço uma pessoa que sofreu violência sexual nunca mais foi a mesma.
    As pessoas precisam tomar mais cuidado com o que falam.

    ResponderExcluir
  6. Anônimo10/7/11

    O Sr.Rafinha Bastos se justifica dizendo ser seu trabalho. Mas o trabalho de um humorista nao eh alegrar as pessoas? Esse seu " traballho " foi ignorante e burro. E se o estrupro fosse na sua esposa, filha ( se tiver ),
    sobrinhos etc, sera que ele daria um abraco no estuprador?

    ResponderExcluir
  7. Anônimo10/7/11

    nao tem vaga na cadeia pra prender homicida mas tem pra prender piadsita?

    ResponderExcluir
  8. Anônimo10/7/11

    Essa juiza devia era procurar um tanque de roupa pra lavar e deixar de querer aparecer na TV. O cara ta fazendo um trabalho super legal e há uma grande diferença entre piada(sem graça,eu concordo) e apologia. Apologia ao descaramento faz os parlamentares que aumentam seus salarios com justificativas imbecis do tipo: Deputado gasta muito pq é sempre convidado pra ser padrinho de casamento! Isso sim é ofensa!!!

    ResponderExcluir
  9. Anônimo11/7/11

    ridículo isso....só no Brasil!!!

    ResponderExcluir
  10. Anônimo11/7/11

    Se um de vocês que agride o Ministério Público, tivesse uma mulher da família estuprada, não escreveria essas asneiras. Não interessa se politico, bandidos, etc. estejam soltos. Interessa que uma mulher estuprada...................deixa pra lá. Acho que vocês não entenderiam.

    ResponderExcluir
  11. Anônimo11/7/11

    Isso mostra o quanto a liberdade de opinião só existe para gente como essa juíza que não tem mais nada melhor do que fazer. Pelo jeito, é mais fácil colocar um humorista na cadêia que bandidos de fato. Ah, talvez, o Rafinha seja um bandido sim, mas portador da palavra bandida. Perdoi-me merétrissima...

    ResponderExcluir
  12. Anônimo16/7/11

    CORRE QUE É CILADA BINO

    ResponderExcluir
  13. Anônimo17/7/11

    é fácil querer deixar passar em branco um comentário desse qnd ninguém próximo de vc sofreu esse tipo de violência...
    Se eu disser: "ah! mas vc devia era dar um abraço no ladrão, pq ele levou esse celular q vc nem tá precisando e vc compra outro rapidinho. Ele colocou a arma na tua cabeça, te humilhou, mas e daí... vc devia era agradecer por ele te livrar desse aparelho velho q vc tem"
    Cara, sei q têm outros casos mais importantes para investigar, mas não acho justo deixar um irresponsável q tem expressão pública falar uma besteira dessas que só quem já passou por isso sabe a mágoa, a humilhação, o nojo, a vontade de se matar depois...

    ResponderExcluir